Fotografar produto é um dos desafios mais aliciantes da fotografia. Por um lado há que ter constantemente em conta as propriedades e formas dos materiais e por outro quando se trata de criar cenários é importante não fotografar sempre da mesma forma.

 

Muito se escreveu e escreve sobre fotografia de retrato. Há muitas correntes divergentes acerca da melhor forma de extrair a essência de alguém numa imagem. Eu acho que conhecer e criar afinidades com os que se pretende retratar é o melhor começo.

 

A fotografia de arquitetura é um desafio enorme porque o fotógrafo precisa de entrar na cabeça do Arquitecto e em simultâneo do eventual cliente. Construir a imagem de ambos é por vezes muito difícil.

 

Depois de uma vida a respirar fotografia, há uns anos começou a experiência da o ensino e formação. E que experiência bastante exigente, mas muito, muito gratificante.

 

Liberdade para fotografar aquilo que nos vier à cabeça faz sempre parte do processo de aprendizagem e de identidade do fotógrafo. Pode e deve fazer parte do seu portfólio, ainda que muitas vezes menosprezado.

 

Quando alguém se dá ao trabalho de sair de casa para ir apreciar o trabalho artístico de outra pessoa, vai sempre à procura de algo, não sabe muito bem o quê, mas que é certo é que encontra. Considero por isso as exposições uma importante forma de div…