Isto é Só Ruído.

“Quem é que vos disse que os fabricantes de equipamentos são bons fotógrafos e constroem o mais adequado para a fotografia e não para ganhar dinheiro?”

Num qualquer lugar alguém escreveu o seguinte numa resposta:

The best lens I have for portraits are the ones in my eyeballs. Also, depending on how much room I have to take portraits, I will use either a 50mm or a 105mm. “

Ao que eu respondi:

“I use a 12-24mm

Ao que essa pessoa respondeu:

“Do you get any distortion?”

Eu respondi (agora traduzo para português e convido-vos a reflectir sobre isto):

“E isso é importante? A distorção faz parte das consequências físicas das escolhas que se fazem. E a fotografia é isso mesmo, perdas e ganhos. Sempre que se pretende ganhar algo, perde-se noutra parte. São estes limites, estas despesas que se têm de pagar na fotografia que são importantes.

Mais importante, a fotografia não é uma técnica, não é sobre as lentes, e as layers, e os bokeh… A fotografia é uma forma de comunicação. Quando estes senhores escrevem milhares de artigos a versar sobre apenas o material, nunca terminam um artigo a dizer que “O melhor e o mais adequado é sempre bom senso“. Assisto todos os dias a alunos a perguntar-me sobre equipamento sem sequer querer saber o que quer que seja acerca de reciprocidade. Isto é errado.

Ninguém, em parte alguma faz uma boa imagem apenas porque tem uma boa lente. As boas imagens são livros, formas de interpretação, de comunicação e exigem por isso conhecimento noutras áreas.

Conheço pessoas que se dizem fotógrafos porque estão atentos a todo o equipamento que sai para o mercado, mas quando são inquiridas acerca de Ezra Pound, julgam que é um planeta, quando a seguir se fala de Paul Strand pensam que é algum estilista. Eu dedico-me a ler sobre equipamento quando preciso de adquirir alguma coisa, e leio especificamente acerca disso.

A produção de artigos que existem sobre fotografia versa quase exclusivamente sobre equipamentos. Quem é que vos disse que os fabricantes de equipamentos são bons fotógrafos e constroem o mais adequado para a fotografia e não para ganhar dinheiro?

Claro que é mais fácil ensinar fotografia por via do equipamento. Mas… pensem bem… que vantagens isso traz para quem quer aprender?

Qual é a relevância da informação acerca das diferenças entre uma 50mm e uma 85mm? Se se ensinasse quais são as especificidades de uma e da outra não seria necessário andar depois a fazer estes comparativos.

Tudo aquilo que os senhores conseguem é que mais pessoas vão correr a adquirir mais equipamento de que não precisam para fazer mais imagem sem valor. Dêem-lhes as voltas que quiserem, a realidade é esta.

E se ensinassem um pouco de teoria da imagem, um pouco de Alfred Stieglitz e dos movimentos artísticos que atravessaram a história da fotografia, como neste caso o Pictoralismo e o Formalismo, ou os grupos de fotografia e as suas abordagens, como no caso o Photo Secession? E se transcrevessem algumas entrevistas dos Mestres?E se reflectissem acerca das reflexões dos Mestres? Se calhar dá mais trabalho, é preciso estudar para isso.

Pois, deixávamos de ter negócio!

Para falar de lentes não. Basta ir a um ou dois sites buscar a informação e depois escrever um texto. Às vezes é só mesmo copy/paste.

Estes artigos não fazem boa fotografia. Só atiram mais ruído.”

Deixo-vos também alguns retratos que fiz com uma objectiva 12-24mm. Imagens sem valor porque esta lente, segundo estes senhores, não é boa para retrato. 

Rui Campos