#exposição

Revendo Escritas Antigas - I

Eu há uns anos era orgulhosamente um amante de fotografia, livre para fazer o que a vontade me ordenasse, escravo de um emprego. Hoje, relendo o que escrevi nesses tempos, não encontro absolutamente nenhuma contradição. Encontro apenas evolução, crescimento e mudança de sentido. Fui feliz nesses tempos em que me considerava desalinhado. Sou feliz agora que me considero "Fotógrafo sem Chapéu", sem nenhum adjetivo a seguir à atividade. Releio esses textos, reencontro alicerces e com base neles faço o meu presente e reconstruo o meu futuro. A fotografia sempre foi para mim muito mais do que um me…

more

Uma Boa Fotografia

Acontece que nem todas as boas fotografias têm de ser tecnicamente boas. Isso da nitidez e do baixo ruído são falácias que vos impingem.

Hoje em dia, a reboque daquilo que os fabricantes de equipamentos nos querem fazer ver e crer por força da publicidade e do marketing que advêm da sua constante necessidade de alimentar o mercado com novidades para que este não estanque, acredita-se que fatores como por exemplo a nitidez é que faz uma boa imagem. Porventura até será, mas apenas para aqueles que não se querem dar ao trabalho de procurar nas páginas seguintes do manual…

more

Hoje apetece-me falar sobre Concursos de Fotografia:

Hoje apetece-me falar de concursos de fotografia. Há para todos os gostos: Há aqueles em que os organizadores são também concorrentes (e estranhamente em alguns casos ganham inclusivamente todos os prémios que pretendem dar); Há aqueles em que é preciso pagar para se concorrer, ou seja, o concurso serve um propósito especifico de uma qualquer entidade e os dinamizadores pretendem pagar as despesas com o “pêlo” dos próprios concorrentes. Poucos garantem o anonimato dos concorrentes, retirando desde o início toda a sua idoneidade. No ano passado li inclusivamente o regulamento de um concurso em…

more

Exposição "Projeto Referentes" - Catálogo Online

Catálogo online da exposição "eThOs" Contactos para cotações, aqui.

more

Exposição "eThOs" - Catálogo online

Catálogo online da exposição "eThOs" Contactos para cotações, aqui.

more

Exposição "LXV" - Catálogo Online

Catálogo online da exposição "LXV"Contactos para cotações aqui.

more

(Re)descobrindo Peter Turnley

Hoje, como de resto todos os dias, passeio-me por uma pasta que tenho vindo a criar desde há décadas com álbuns de fotografias de todos os fotógrafos que encontro e que valem a pena ser lidos (sim, eu gosto de dizer que leio as imagens. Acho mesmo que é o termo mais acertado para o contexto). Abri a pasta que diz "Peter Turnley" e deparei-me imediatamente com uma imagem arrebatadora que me levou imediatamente ao site do fotógrafo.

Peter Turnley em Paris

Descobri que a imagem faz parte de um ensaio arrebatador que se chama Moments of The Human Condition, de onde retire…

more

Feature Photography Pulitzer - 1968

Toshio Sakai, da United Press International, venceu em 1968 o prémio Pulitzer em “Feature Photography” (fotografia de destaques) com esta imagem, intitulada “Dreams of Better Times”. Foi o primeiro a receber um Pulitzer nesta categoria.

Ser soldado no Vietname significava percorrer um espaço estranho, sabendo que o próximo momento poderia significar obliteração por uma armadilha ou uma mina. Isso significava aborrecimento entorpecente, seguido de luta terrível.

Em junho de 1967, o jornalista japonês Toshio Sakai está com os homens da “B Company”, a cerca de 40 quilome…

more

"Fotografar é Atribuir Importância"

(…) "a fotografia documental produz mais facilmente efeitos perceptivos que transcendem o que é mostrado. Citando Sontag (2004), "fotografar é atribuir importância" (SONTAG, 2004, p.41). Tomemos por Exemplo Robert Frank (1924-): ao produzir imagens imprevisíveis, quase sem sentido, o fotógrafo deixou em aberto um campo enorme de interpretações, sem nenhum tipo de integração globalizante e ideal. Ao olharmos especificamente para a imagem de uma vigorosa Juke Box com um bebé ao lado, em proporção significativamente menor, deitado no chão, não encontramos nada muito dramático ou melancólico, ape…

more

The Atlas of Beauty

"My name is Mihaela Noroc, I'm a Romanian photographer who's been travelling the world for the past 4 years with my backpack and my camera, photographing everyday women and collecting their stories. My project is called The Atlas of Beauty. My goal is to show that every woman shines like a star because beauty is diversity, and not just what we see in mass-media. For me, the real beauty has no age, colours or trends. You can find it in Africa or in Europe, in a village or in a skyscraper, in a smile, in a gesture, in an intense gaze, in some wrinkles, or in a story.…

more

Cubismos

Ando há uns tempos a procurar habituar-me a esta forma de edificar.

Em tempos eu chamava estes aglomerados habitacionais de “favelas”. “As favelas estão localizadas em áreas ocupadas irregularmente nas encostas dos morros, nas margens de córregos, rios, canais, mangues etc. As casas são construídas (...) sem espaçamento entre uma e outra, criando uma área densamente povoada.“ Fonte: Significados.com.brHá uns meses vim viver para esta região e obriguei-me a aprender a gostar desta forma desordenada e sem critério de edificar... Tenho andado a chamar-lhe de #Cubism…

more

Análise Crítica de uma Imagem:

Quando me proponho fotografar algo não procuro abordagens prévias ao mesmo assunto sob pena de me escravizar delas. O mesmo acontece com as leituras que faço de fotografias. Não procuro análises prévias precisamente pelo mesmo motivo. Ainda assim, depois de fazer as minhas próprias leituras, vou à procura de análises criticas e esses mesmos trabalhos. Hoje estou a ler as fotografias de Robert Doisneau no seu livro "Paris" : Logo no início, a fotografia Les Frėres, rue du Docteur Lecéne (1934).

Dois irmãos, vestidos de igual e abraçados um ao outro e aos seus preconcei…

more

O Poio - Video

Um conjunto de filmagens feitas por mim em 2014 foram cedidas à autarquia de Vila Nova de Foz Côa para fazer parte de um trabalho de caracterização do Xisto do Poio que terminou em exposição. As filmagens foram editadas pelo Pedro Daniel e pelo Dinis Ângelo. I gave to the Vila Nova de Foz Côa municipality a set of filming made by me in 2014 to be part of a work to characterize Poio shale that ended in exposure. The filming was edited by Pedro Daniel and Dinis Ângelo.

more

#Projecto_eThOs | #eThOs_Project

O significado de Ethos é “Carácter Moral". Um conjunto de hábitos ou crenças que definem uma comunidade ou Nação”. Uma Crença “é a acção de crer na verdade ou na possibilidade de alguma coisa. É por isso uma opinião que se adopta com Fé e Convicção". O carácter moral define-nos como nação e como indivíduo. As crenças identificam-nos como um todo. Infelizmente uma comunidade ou nação também se pode rege por crenças e adoptar hábitos que são profundamente negativos e prejudiciais. O caracter moral de uma sociedade que se rege pelo "sim Senhor", que tem pudor de dizer o que pensa e de contestar o…

more

#Projecto_LXV | #LXV_Project

O #Projecto_LXV tem estreia marcada para Julho, em Vila Nova de Foz Côa. Se tiver interesse em ver este projecto exposto perto de si ou desejar mais informações, contacte-nos.#Projecto_LXV is scheduled to debut in July in Vila Nova de Foz Côa. If you are interested in viewing this project near you or want more information, please contact us.

{{ content.title }}{{ content.caption }}

O valor testemunhal, artístico e cultural da Fotografia dispensa considerações. Em 65 anos esta forma de expressão conheceu muitos paradigmas e reflectiu-os. Estando estes muito bem patentes…

more

CyPho - Long Term Project

A esmagadora maioria das vezes que viajei, não o fiz escravo de horários além do estritamente necessário. O meu hobby, o meu escape, o meu refúgio e a minha sanidade mental estão assentes na fotografia, e fui felizmente abençoado cim a clarividência para entender o tempo que esta exige até devolver. Aprendi todo o mundo que pude conhecer a dedicar-me a uma atividade que me obriga a olhar e ver a vida e os seus aspectos que porventura passarão despercebidos ao comum dos mortais. Só assim pude ser capaz de regressar com registos diferenciados e diferenciadores daqueles considerados “obrigatórios” de trazer ao regressarmos de um qualquer destino.

Sempre que viajei procurei evitar os lugares turísticos. E mesmo nos lugares com pouca aptidão para o turismo procurei evitar os pontos icónicos. Não que fugisse deles, mas deixava-os sempre para o fim, e se sobrasse tempo para eles, aí sim, dedicava tempo a praxes fotográficas.

Quando comecei a viajar de bicicleta decidi que antes de o fazer para qualquer outro lugar o deveria fazer dentro deste Portugal que tanto amo e tão bem e tão mal conheço. Bem no sentido de que conheço as suas estradas, as ligações, ss distâncias, as localizações geográficas e, imagine-se, até algumas pessoas um pouco por todo o lado. Mal no sentido em que nunca me demorei muito tempo num mesmo lugar e o mais que conheço de todas as cidades sao alguns monumentos (os tais que que evito em lazer) e muitos escritórios, gabinetes e zonas industriais. Não conheço os povos, não provei o sabor da Portugalidade, aquela Portugalidade que nos é tão familiar e tao estranha em simultâneo. Este Portugal é um verdadeiro mistério para mim salvo algumas excepções pontuais.

Viajar de bicicleta permite-me não ter pressa, demorar-me em todo e qualquer lugar que me pareça conveniente. Viajar de bicicleta permite-me levar comigo todos os sentidos.

Viajar de bicicleta permite-me entender a enormidade de coisas supérfluas que me rodeiam, reduzir-me ao essencial e experiementar um outro tipo de felicidade. Aquela que se sente apenas quando nos atiramos de cabeca para fora da nossa zona de conforto, nos pomos á prova, suportamos a dor e regressamos ao enfadonho Mundo sem nada despojados por completo, mas de coração cheio.

Depois a fotografia. Omnipresente, vital, obrigatória. Por mero egoismo, por mero regozijo pessoal. Por todas as outras razões que já me conhecem.

CyPho é isto. Mas não é um “isto” desprovido de conteúdo ou significado. É um “isto” que é também muito mais. Para já é também uma exposição de fotografia. Uma mera exposição para quem quiser estar debaixo de um teto e rodeado de paredes em mera circunstância a apreciar fragmentos de Tempo pendurados em paredes frias e verticais. Mas para os que ousarem sonhar, despir-se de preconceitos, derrubar as paredes fisicas e ousar deixar que o Sol atravesse esse teto e ensaiar algum pensamento abstrato, esta exposição é um convite. Um convite á aventura, á descoberta, ao sonho, á simplificação, á felicidade, ao conhecimento, ao amor.

CyPho é isto. Mas não é um “isto” desprovido de conteúdo ou significado. É um “isto” que é também muito mais. Para já é também uma exposição de fotografia. Uma mera exposição para quem quiser estar debaixo de um teto e rodeado de paredes em mera circunstância a apreciar fragmentos de Tempo pendurados em paredes frias e verticais. Mas para os que ousarem sonhar, despir-se de preconceitos, derrubar as paredes fisicas e ousar deixar que o Sol atravesse esse teto e ensaiar algum pensamento abstrato, esta exposição é um convite. Um convite á aventura, á descoberta, ao sonho, á simplificação, á felicidade, ao conhecimento, ao amor.

Seria tão, mas tão facil preocupar-me apenas com os Destinos (sim, com maiúscula). Mas é tão enriquecedor preocuparmo-nos com tudo o que está pelo meio e regressar ao início antes de chegar ao fim.

Rui Campos

Dada a vastidão dos conteúdos deste projeto, e porque seria impossível apresentar o desenrolar deste projeto neste site, foi vcriado um blogue especificamente para o efeito que podem acompanhar aqui:

cypho-project.tumblr.com/

Concursos de Fotografia | Edições de 2018

- Foz Côa: Um Concelho, Dois Patrimonios Mundiais (Oitava Edição) - Concurso Expressão Fotográfica (quarta Edição)

Concurso Foz Côa: Um Concelho. Dois patrimónios da Humanidade:Habilita-te a ganhar: 1º Prémio . 750 Euros 2º Prémio - 500 Euros 3º Prémio - 250 Euros Concurso “Expressão Fotográfica” Habilita-te a Ganhar150,00 € (em Vales de Compras Niobo) Entrega de Trabalhos Até ao dia 27 de Abril de 2018 Entrega de Prémios: 20 de Maio de 2018 às 15H00 Informações e Entrega de Trabalhos: VIII Concurso de Fotografia…

more

Museu do Côa

O Museu do Côa começou a ser pensado logo desde os primeiros dias da polémica do Côa em 1995. Mas será só após a classificação da Arte do Côa como Património Mundial, que o governo português se compromete com a construção de um grande museu de sítio. Fonte: Direção Geral do Património Cultural

Saiba mais em: www.arte-coa.pt/